Nos anos 90, estes grupos adotaram o nome “MarCha” e passaram a oferecer um itinerário educativo no tempo livre, definido segundo as diretrizes das equipas de pastoral de Portugal e de Castilla y León. Em 2004, com a criação de uma nova Província Marista que contempla os atuais territórios (Astúrias, Galiza, Portugal, Castela e Leão), elaborou-se um novo itinerário educativo conjunto que se mantém em vigor atualmente.

Apesar de os grupos MarCha terem funcionado em rede desde a sua criação, foi só em 2015 que a entidade promotora do movimento, os Irmãos Maristas, decidiu a criação de uma federação de associações: a actual Federação MarCha Compostela. Desde o começo, os jovens assumiram o protagonismo e a animação dos grupos MarCha, formando equipas de coordenação e, em muitos casos, constituindo associações.
Esta história continua hoje e tu também podes ser protagonista!